Construindo aplicações móveis com Java ME parte 1

Java Micro Edition (JME) é um a API voltada para aplicações que rodam em dispositivos com capacidade de memória e processamento limitados, como é o caso dos celulares, smartphones e PDA’s.

Para começar a desenvolver aplicações para dispositivos móveis utilizando a plataforma Java, iremos utilizar os MIDlets, assim como utilizamos os Applets e Servlets.

Necesistamos para iniciar nosso aprendizado baixar o Java ME SDK, disponível neste link, e o Wireless Toolkit, disponível aqui. Esses são os requesitos mínimos de desenvolvimento, caso queira utilizar uma IDE para desenvolver suas aplicações móveis, existe o Netbeans e o Eclipse, caso queira utilizar o Eclipse, existe um plugin chamado EclipseME, que irá auxiliá-lo grandemente na hora de desenvolver.

Este post irá somente dar uma breve explicação da plataforma, sua estrutura de funcionamento e quais são as principais diferenças entre o Java ME e o Java SE, que é utilizado para desenvolvimento de aplicativos para computadores desktop e servidores.

Esta imagem dará uma visão geral de como é a plataforma Java para as categorias de dispositivos que ela está inserida:

A plataforma Java ME enfoca duas categorias de dispositivos:

  • Dispositivos para consumidores de alto padrão: nesta categoria está agrupada no chamado CDC (Connected Device Configuration), que inclui equipamentos como Internet TVs, videofones com Internet, sistemas de navegação automobilísticas, entre outros.  Esses dispositivos possuem uma boa capacidade de interação, conexão rápida com a Internet, e também uma memória considerável.
  • Dispositivos consumidores de baixo padrão: essa categoria está agrupada no chamado CLDC (Connected Limited Device Configuration), que por sua vez inclui os celulares, pagers, PDAs, etc. Que em comparação com os computadores pessoais, possuem capacidade de interação, memória, conexão com a Internet, e processamento reduzidos.


Principais objetivos e vantagens

Os padrões de configuração CLDC e do perfil MIDP visam a proporcionar benefícios da tecnologia Java a dispositivos sem fio com restrições de recursos e conectividade de Internet limitada. Dentre as vantagens oferecidas podemos destacar:

  • Distribuição dinâmica de aplicações e conteúdos;
  • Desenvolvimento de aplicações por terceiros;
  • Independência de padrões e tecnologias de rede;
  •  Compatibilidade com outros padrões de aplicações sem fio;

Fonte: MATTOS, Érico Tavares de. Programação Java para Wireless, São Paulo: Digerati Books, 2005.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s