Introdução em CSS3

O que é CSS?

O CSS formata a informação entregue pelo HTML. Essa informação pode ser qualquer coisa: imagem, texto, vídeo, áudio ou qualquer outro elemento criado. Grave isso: CSS formata a informação. Essa formatação na maioria das vezes é visual, mas não necessariamente. No CSS Aural, nós manipulamos o áudio entregue ao visitante pelo sistema de leitura de tela. Nós controlamos volume, profundidade, tipo da voz ou em qual das caixas de som a voz sairá. De certa forma você está formatando a informação que está em formato de áudio e que o visitante está consumindo ao entrar no site utilizando um dispositivo ou um sistema de leitura de tela. O CSS prepara essa informação para que ela seja consumida da melhor maneira possível.

O HTML5 trouxe poucas novidades papa os desenvolvedores client-side. Basicamente foram criadas novas tags, o significado de algumas foi modificado e outras tags foram descontinuadas. As novidades interessantes mesmo ficaram para o pessoal que conhece Javascript. As APIs que o HTML5 disponibilizou são sem dúvida uma das features mais aguardadas por todos estes desenvolvedores. Diferentemente do CSS3 que trouxe mudanças drásticas para a manipulação visual dos elementos do HTML.

Com o Css que nós conhecemos podemos formatar algumas características básicas: cores, background, características de font, margins, paddings, posição e controlamos de uma maneira muito artesanal e simples a estrutura do site com a propriedade float.

Você deve pensar: “mas com todas as características nós conseguimos fazer sites fantásticos, com design atraente e com a manutenção relativamente simples”. E eu concordo com você, mas outras caracteríticas que nós não temos controles e dependemos de:

  1. Algum programa visual como o Photoshop para criarmos detalhes de layout;
  2. Javascript para tratarmos comportamentos ou manipularmos elementos específicos na estrutura do HTML;
  3. Estrutura e controle dos elementos para melhorarmos acessibilidade e diversos aspectos do SEO;

Com as atualizações do CSS3 e com os browsers atualizando o suporte do CSS2.1, nós entramos um em patamar onde sem dúvida o CSS é a arma mais poderosa para o designer web. Segue uma pequena lista dos principais pontos que podemos controlar nesse novo patamar:

    1. Selecionar primeiro e último elemento;
    2. Selecionar elementos parres ou ímpares;
    3. Selecionarmos elementos específicos de um determinado grupo de elementos;
    4. Gradiente em textos e elementos;
    5. Bordas arredondadas;
    6. Sombras em texto e elementos;
    7. Manipulação de opacidade;
    8. Controle de perspectiva;
    9. Animação;
    10. Controle de rotação;
    11. Estruturação independente da posição no código HTML;

É agora que começa a diverção ao formatar sites com CSS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s