Dotcom segue preso, outros dois envolvidos são liberados

Os executivos Finn Batato e Bram van der Kolk foram soltos após pagarem fiança

Nesta quinta-feira (26), dois executivos do Megaupload foram liberados depois de pagar fianças à justiça da Nova Zelândia. Porém, Kim Dotcom, o fundador do site, segue preso.

Para o juiz David McNaughton, responsável pelo caso, o alemão Finn Batato e o holandês Bram van der Kolk puderam ser liberados pois não representarvam o mesmo risco que Dotcom. Segundo as autoridades, se Kim fosse solto, poderia fugir a qualquer momento com o auxílio dos inúmeros documentos falsos que possui.

De acordo com o juiz, Dotcom deve permanecer na cadeia pelo menos até o dia 22 de fevereiro, quando novamente será examinado o pedido de extradição dos Estados Unidos. O fechamento do site e a prisão de seus responsáveis tem gerado consequências para diversos serviços online.

Fonte: Superdownloads

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s