Programação orientada a objetos no ActionScript


Este post descreve os elementos do ActionScript que oferecem suporte à OOP (Programação orientada a objetos).
O capítulo não descreve princípios de OOP gerais, como design de objeto, abstração, encapsulamento, herança e
polimorfismo. Ele se concentra em como aplicar esses princípios usando o ActionScript 3.0.
Devido a raízes do ActionScript como uma linguagem de script, o suporte ao OOP do ActionScript 3.0 é opcional. Isso
fornece aos programadores flexibilidade para escolherem a melhor abordagem para projetos de vários escopos e
complexidades. Para tarefas pequenas, você pode chegar à conclusão de que usar o ActionScript com um paradigma
de programação de procedimento é tudo o que você precisa. Para projetos maiores, aplicar princípios de OOP pode
fazer com que o código fique mais fácil de ser compreendido, mantido e estendido. Continue lendo “Programação orientada a objetos no ActionScript”

Introdução ao ActionScript 3.0


Vantagens do ActionScript 3.0
O ActionScript 3.0 vai além dos recursos de script de suas versões anteriores. Ele foi criado para facilitar a criação de
aplicativos altamente complexos com grandes conjuntos de dados e bases de código reutilizáveis orientadas a objetos.
Embora o ActionScript 3.0 não seja necessário para o conteúdo executado no Adobe Flash Player, ele permite
melhorias de desempenho que só estão disponíveis com a AVM2, a nova máquina virtual. O código do ActionScript
3.0 pode ser executado até 10 vezes mais rápido do que o código do ActionScript existente.
A versão antiga da AVM1 (ActionScript Virtual Machine) executa os códigos ActionScript 1.0 e ActionScript 2.0. As
versões 9 e 10 do Flash Player oferecem suporte a AVM1 para compatibilidade com conteúdo existente e herdado de
versões anteriores. Continue lendo “Introdução ao ActionScript 3.0”