Como instalar o CyanogenMod no Moto G

O artigo explica como instalar o CyanogenMod, uma versão não-oficial do Android (mais atualizada que a versão de fábrica) no aparelho Moto G. O procedimento descrito é compatível com os seguintes versões de aparelhos: XT1031, XT1032, XT1033 e XT1034 e também os de 2ª geração.

Perco a garantia do aparelho ao instalar o Cyanogenmod?

Sim, pois o processo exige o desbloqueio do aparelho.

Quais os riscos existentes ao instalar o Cyanogenmod?

Trata-se de um processo que pode danificar o aparelho e deixá-lo “bricado”, mas só se você fizer algo realmente estranho e diferente do procedimento. Além disso, você perderá todos os dados do aparelho, seus arquivos pessoais, músicas etc. O aparelho será zerado. Fazer backup é importante.

O processo é reversível?

Sim, mas não será abordado neste artigo.

Se algo der errado durante o procedimento, quem eu devo processar ou xingar?

Ninguém. O risco é todo seu. Não há garantias por parte da equipe do CyanogenMod e nem por parte do autor desse artigo.

Nota de esclarecimento do Cyanogenmod:

“Modifying or replacing your device’s software may void your device’s warranty, lead to data loss, hair loss, financial loss, privacy loss, security breaches, or other damage, and therefore must be done entirely at your own risk. No one affiliated with the CyanogenMod project is responsible for your actions. Good luck.”

Tradução livre:

“Modificar ou substituir o software do seu dispositivo pode anular a garantia do dispositivo, levar à perda de dados, perda de cabelo, perda financeira, perda de privacidade, violações de segurança ou outros danos e, portanto, deve ser feito inteiramente por sua conta e risco. Ninguém afiliado com o projeto CyanogenMod é responsável por suas ações. Boa sorte.”

Este artigo foi feito usando:

  • Moto G 2013 (1ª geração)
  • Ubuntu 15.04

E terminou com a instalação do Android 5.1.1 (CM 12.1).

Resumo do procedimento para instalar o CyanogenMod:

  1. Desbloquear o bootloader;
  2. Instalar programa de “recovery” usando o fastboot;
  3. Instalar do CyanogenMod a partir do “recovery”.

Preparativos para desbloquear o bootloader

Obs.: desbloquear o bootloader causa automaticamente perda da garantia do aparelho.

O que é o bootloader?

É o sistema de inicialização do dispositivo (carregador de boot). Com ele é possível realizar coisas como restaurar o sistema, em casos de falhas, e prevenir a instalação ou a remoção de programas.

Como o bootloader impede modificações do sistema, se faz necessário desbloqueá-lo para que ele possa permitir as modificações. No caso, a modificação que nos interessa é a instalação do CyanogenMod.

Ferramentas para desbloqueio do bootloader

Para realizar o procedimento de desbloqueio, é necessário utilizar duas ferramentas:

  • Fastboot
  • adb

O Fastboot, em linhas gerais, é um programa capaz de modificar as partições do aparelho e impedir a inicialização do bootloader padrão do dispositivo. Ele inicia antes, mais rápido, que o bootloader padrão.

Já o Android Debug Bridge (adb) é um programa que facilita a comunicação entre o aparelho Android e o computador, que costuma ser realizada através de um cabo USB. É necessário, pois parte do procedimento de instalação do CyanogenMod é realizado no computador.

Instalação do Fastboot e do adb

Para instalar essas duas ferramentas no Ubuntu (Linux Mint e outros derivados), execute:

$ sudo apt-get install android-tools-adb
$ sudo apt-get install android-tools-fastboot

Já para instalar no Fedora (CentOS e outros derivados), execute:

$ sudo yum install android-tools

Obs.: no CentOS é necessário instalar repositórios EPEL. Veja em:

Após instalar essas ferramentas no computador, prossiga para habilitar o modo de depuração.

Habilitando o modo de depuração

No aparelho, habilite o modo USB Debug, ou modo de depuração. Para fazer isso, basta acessar:

Configurações → Sobre o telefone e toque freneticamente em “Número da versão”, até receber a mensagem de que agora você é um desenvolvedor.

Após isso, volte para a tela anterior, em Configurações. Verá uma nova opção habilitada chama de “Opções do desenvolvedor”. Acesse esse item e busque pelo modo de depuração. Ao encontrar, ative-o.

Prossiga para o próximo passo, que é usar o adb e o Fastboot.

Usando o adb e o Fastboot

Após habilitar o modo de depuração no aparelho, conecte o seu aparelho ao computador pelo cabo USB. Depois abra um terminal e execute:

$ sudo adb reboot bootloader

Isso fará seu aparelho entrar no modo fastboot. Verifique se o computador “enxerga” o aparelho executando:

$ sudo fastboot devices

Tudo ok? Prossiga para o processo de desbloqueio do bootloader.

Desbloqueio do bootloader

Obtendo o código de desbloqueio

Para desbloquear o bootloader você precisará, primeiro, do código de desbloqueio do aparelho, mas para obter esse código de desbloqueio você precisa de uma informação composta por cinco linhas! Continuando de onde parou, execute:

$ fastboot oem get_unlock_data

Você receberá uma informação em cinco linhas, exemplo:

(bootloader) 0A40040192024205#4C4D3556313230
(bootloader) 30373731363031303332323239#BD00
(bootloader) 8A672BA4746C2CE02328A2AC0C39F95
(bootloader) 1A3E5#1F53280002000000000000000
(bootloader) 0000000

Agora será necessário acessar o site da Motorola, colar essas linhas lá para receber o código de desbloqueio por e-mail. Muita burocracia? Sim. 😦

Acesse:

No final da página, clique em Next. Na página seguinte, faça login. Uma nova página será aberta e nela haverá um campo para você colar as cinco linhas.

Você precisa colar as cinco linhas uma ao lado da outra. Por exemplo, assim:

0A40040192024205#4C4D355631323030373731363031303332323239#BD008A672BA4746C2CE02328A2AC0C39F951A3E5 #1F532800020000000000000000000000

E depois clique em “Can my device be unlocked?”. Marque a opção mais em baixo (I agree) e prossiga. Você receberá o código de desbloqueio no seu e-mail.

Copie o código de desbloqueio recebido no e-mail e em seguida use o comando:

$ sudo fastboot oem unlock [código de desbloqueio]

O aparelho será reiniciado. Se não, reinicie ele pelo menu. Após reiniciar, precisará acessar novamente a opção de depuração. Se ela estiver ativada, desative-a e ative-a novamente.

O próximo passo é instalar o recovery.

Instalação do recovery e, por fim, do CyanogenMod

O que é o recovery?

Se refere a um sistema de boot que tem funções, como apagar dados e instalar outros sistemas no aparelho. Existem vários tipos de programas do tipo recovery.

Um dos mais famosos é o ClockWork, no entanto, ele não funcionou durante a criação deste artigo (criou um “boot loop”). Por isso, para este artigo, recomendarei um outro programa: Team Win Recovery Project (TWRP). Esse funcionou.

Baixando o recovery TWRP

Você pode baixar o TWRP de seu site oficial:

No entanto, fiz o download dele por um link que encontrei num fórum, antes de acessar o site oficial:

O nome do arquivo é: twrp-2.8.6.0-falcon.img

Baixe o arquivo no seu diretório pessoal (em Home).

Instalação do recovery

Após baixar o recovery no seu diretório pessoal (Home), conecte o seu aparelho Android no computador com o cabo USB (habilite o depurador como antes) e use o comando:

$ sudo adb reboot bootloader

Depois, instale o recovery com o comando de instalação seguido do nome do arquivo:

$ fastboot flash recovery twrp-2.8.6.0-falcon.img

Reinicie o aparelho. Depois disso você terá o recovery e estará pronto para instalar o CyanogenMod!

Baixando o CyanogenMod e os aplicativos Google

O próximo passo é baixar o arquivo do CyanogenMod e os aplicativos Google.

Você pode fazer isso diretamente no seu aparelho Android, ou pelo computador e depois copiar os arquivos para o diretório “Download” dentro do aparelho. Fica a seu critério. O importante é que os arquivos estejam dentro do seu aparelho.

Para baixar o CyanogenMod, acesse:

E clique no nome do arquivo. Para este artigo, eu usei o arquivo “cm-12.1-20150428-NIGHTLY-falcon.zip“, dentro de nightly, mas como novas imagens são geradas todas as noites, verifique se está escolhendo a opção mais recente.

Para baixar os aplicativos Google, acesse:

E baixe o pacote de arquivos referente à versão do CyanogenMod. Para este artigo, usei o pacote “20150420” para CM 12.1.

Instalando CyanogenMod e aplicativos Google

Assumindo que os arquivos estão dentro do diretório Download do aparelho, desligue ele. Depois segure a tecla “power” do aparelho (liga/desliga) juntamente com a tecla de “volume -” (diminuir volume) por quatro segundos e solte. Isso abrirá a tela de menu.

Use a tecla “volume -” para selecionar a opção “Recovery” e depois “volume +” para entrar nela. O modo recovery será ligado.

Outra forma de fazer isso é ativando o modo depuração no aparelho e executar no computador:

$ sudo adb reboot recovery

Será iniciado o Team Win Recovery Project, que se parecerá com isto:

Dentre as opções, escolha “Wipe” e depois “Swipe Factory Reset” (deslize para direita). Isso apagará todos os dados do aparelho.

Volte e depois toque em “Install”. Navegue até o diretório Download e adicione primeiro o arquivo do CyanogenMod (cm12.1, alguma coisa zip) e depois o dos aplicativos Google (gapps, alguma coisa zip).

Passe o dedo em “Swip to confirm flash” (deslizando para direita) e eles serão instalados.

Por fim, toque em “Reboot” e depois em “System”. O aparelho será reiniciado e entrará no CyanogenMod. Se demorar um pouco para iniciar, não se desespere. A primeira vez é assim mesmo.

O aparelho estará zerado e será necessário configurar tudo novamente, como conta de e-mail etc.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s